Warning: Undefined array key "active" in /var/www/html/mairipora.sp.gov.br/web/wp-content/plugins/simple-popup-manager/index.php on line 148

Projeto Navega São Paulo congrega esporte, educação e saúde em Mairiporã

Projeto de esportes náuticos iniciado pelo governo estadual hoje prospera em nossa cidade independentemente

É difícil passar algum tempo em Mairiporã sem notar a represa Paiva Castro e talvez imaginar que tipo de esporte poderia ser praticado nela. Foi pensando nesse potencial presente em Mairiporã e em outras cidades, do litoral e do que interior, que em 2005, durante a administração do velejador Lars Grael à frente da Secretaria Estadual da Juventude, Esporte e Lazer, que foi idealizado e implementado em várias cidades do estado o Projeto Navega São Paulo. O Navega SP se baseia em três pilares fundamentais: inclusão, recreação e educação. O objetivo principal é usar o esporte como ferramenta educativa, promovendo responsabilidade, disciplina e desenvolvimento pessoal entre os participantes. Por aqui o projeto se iniciou de fato no ano seguinte, sob a coordenação de um atleta local já com uma carreira consolidada nos esportes náuticos. Originalmente financiado pelo Estado, o projeto deixou de receber verba estadual e passou a ser mantido exclusivamente por recursos municipais. Essa transição ocorreu em todos os municípios participantes, com alguns continuando o projeto com recursos próprios e outros encerrando suas atividades.

Obstáculos e benefícios não só na água

Originalmente o projeto enfrentou dificuldades para acessar a represa, resolvidas com a obtenção de uma concessão da Sabesp, que também realizou a batimetria do canal, estudo da profundida de um curso d’água. Atualmente, o projeto opera em um local com acesso ao canal que leva à represa e planeja a construção de uma pista de slalom contando mais uma vez com a colaboração com a Sabesp. Com o novo trecho de obstáculos será possível expandir as modalidades ofertadas, hoje a canoagem e a vela, incluindo também o remo, canoagem cross, bóia cross e rafting. E não há limite de idade, embora parte importante dos alunos seja de crianças, a partir dos 7 anos, pessoas de todas as idades podem se inscrever e se beneficiar da prática de esportes náuticos.

Segundo a coordenação do projeto em Mairiporã, são vários os benefícios para a comunidade. Além do desenvolvimento físico, o projeto contribui significativamente para o bem-estar mental e social dos participantes. Relatos de pais indicam melhorias no desempenho escolar e comportamento das crianças. Para adultos e idosos, proporciona um ambiente saudável e relaxante, auxiliando na manutenção da saúde física e mental. Além disso, o projeto também atende pessoas com deficiências, com planos de expandir ainda mais essa inclusão mediante a obtenção de mais recursos, como mais barcos adaptados.

 

Futuro e Expansão

Além da pista de slalom, também faz parte dos parte dos planos de expansão a construção de um galpão logístico, com o apoio da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), fazendo de Mairiporã uma polo para os esportes náuticos. Esses desenvolvimentos visam expandir as modalidades oferecidas e melhorar a qualidade das instalações, beneficiando ainda mais a comunidade local e regional.

O Projeto Navega SP em Mairiporã exemplifica como iniciativas esportivas podem ir além da prática física, promovendo inclusão, educação e desenvolvimento social, garantindo oportunidades para diversas faixas etárias e condições sociais.

Pular para o conteúdo